ENCONTRO DAS 3 BIOS – 1º / 2 / 3 DEZEMBRO 2017 – CAMPOS DO JORDÃO


ENCONTRO DAS 3 BIO’S – DEZEMBRO/2017

INCERTEZAS

Data: 01, 02 e 03 de Dezembro – Campos do Jordão/SP

Convidados: Maria Del Mar Cervantes /Hector Fiorini / Ricardo Rodrigues Teixeira

Link de inscrição: http://www.3bios.com.br/inscricao

O Encontro das 3 Bios é um movimento exclusivamente brasileiro que tem como fundamento histórico o diálogo entre as 3 escolas de psicoterapia corporal: Bioenergética, Biossíntese e Biodinâmica e as preciosas contribuições de cada uma destas escolas de psicoterapia corporal:
Cada uma delas teve seu criador e constituiu uma identidade própria. Aqui no Brasil, onde tendemos ao sincretismo, os terapeutas costumam circular e fazer as diferentes formações acumulando conhecimento e experiência. Esta característica dos brasileiros não é frequente nos outros países, onde as escolas se mantêm isoladas e os respectivos alunos permanecem restritos a uma só abordagem.
Entendemos que as 3 Bios se complementam, não se contrapõem. Elas se integram pela raiz do pensamento Reichiano.
Histórico:
O núcleo original foi um grupo de estudos às 4as feiras no IABSP, onde se reuniam os professores do curso de formação em análise bioenergética. Liane Zink convida Ricardo Rego a participar, trazendo a Biodinamica para o estudo em grupo. Nessa época, a Biodinâmica tinha perdido um de seus líderes, André Sanson.
Ricardo se juntou ao grupo e passaram a estudar com ele a discussão dos paradigmas pulsional e relacional, que é um dos temas de sua tese de doutorado na USP. Nesse momento a Análise Bioenergética passava por uma revisão de conceitos e práticas em torno da integração do paradigma relacional no seu corpo teórico, que até então se apoiava nos princípios do paradigma pulsional (Freud, Reich, Lowen).
Esse projeto funcionou por algum tempo com o nome de CEUB (Centro de Estudos da Unidade Biopsíquica), e dele participavam originalmente Ercília, Léia, Liane, Odila e Ricardo.
Já existia um evento tradicional do IABSP, que funcionava como workshop de final de ano, no qual se discutiam perspectivas que estavam em transformação  dentro da Bioenergética Internacional. Esse era o cenário.
No mesmo contexto, a Biodinâmica e a Biossíntese também estavam em uma fase de transição institucional, aprofundando suas fundamentações e buscando diálogos e novas formas de articulação com grupos e saberes diversos.
Esse grupo de estudos, que incorporava líderes dos institutos de formação destas abordagens, resolveu dar um passo no sentido de uma integração maior. Aquele que era um evento exclusivo da Bioenergética passou a incorporar também professores, alunos e profissionais da Biodinâmica e Biossíntese. Em dezembro de 2005 aconteceu então o primeiro ENCONTRO DAS 3 BIOS, em Campos do Jordão.
A equipe organizadora das 3 Bios, para dar continuidade a estes encontros durante o ano, reunia-se como grupo de estudos, além de programar o evento do próximo ano das 3 Bios. Buscou-se atividades que viessem enriquecer e complementar. Vieram professor de Historia da Arte, um professor de dança, um massagista e um psiquiatra, entre outros. Todos na perspectiva de grupo de estudos. (sugiro colocar os nomes dos profissionais, Gilberto Safra, Maristela, Frank G., e os citados acima)
Ao longo dos anos, muitas pessoas participaram desse esforço de criação, organização e diálogo. Além da comissão que permanece até hoje, por aqui passaram e deram sua contribuição Ana Lúcia Rocha, Dinorah Porto, Dulce Amabis, Márcia Barreto e Sandra Sofiati, e outros.
Todos fizeram parte e fazem deste moovimento de criação coletiva que não pode almejar a abrangência de uma Escola mas tem a leveza e a multiplicidade que os tempos exigem.

Comments are closed